"Precisamos deixar de idolatrar a ambição e o poder, e passar a valorizar a compaixão e a generosidade. "

Patch Adams


domingo, 27 de março de 2011

Pela estrada a fora...


Minha ponteira da Chapeuzinho Vermelho! Adorei fazer!!!
Boa semana a todos!

domingo, 20 de março de 2011

sorteio no blog Algodão Doce




Estou participando!!!

domingo, 13 de março de 2011

Pipoca

Olá pessoas!!!
Hoje trouxe um texto maravilhoso de Rubem Alves para reflexão. Já citei no blog o quanto admiro ele. Suas reflexões e sua maneira de escrever são encantadoras.
Quero dividir com vocês!!!


A pipoca

Rubem Alves


A culinária me fascina. De vez em quando eu até me até atrevo a cozinhar. Mas o fato é que sou mais competente com as palavras do que com as panelas.

Por isso tenho mais escrito sobre comidas que cozinhado. Dedico-me a algo que poderia ter o nome de "culinária literária". Já escrevi sobre as mais variadas entidades do mundo da cozinha: cebolas, ora-pro-nobis, picadinho de carne com tomate feijão e arroz, bacalhoada, suflês, sopas, churrascos.

Cheguei mesmo a dedicar metade de um livro poético-filosófico a uma meditação sobre o filme A Festa de Babette que é uma celebração da comida como ritual de feitiçaria. Sabedor das minhas limitações e competências, nunca escrevi como chef. Escrevi como filósofo, poeta, psicanalista e teólogo — porque a culinária estimula todas essas funções do pensamento.

As comidas, para mim, são entidades oníricas.

Provocam a minha capacidade de sonhar. Nunca imaginei, entretanto, que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar. Pois foi precisamente isso que aconteceu.

A pipoca, milho mirrado, grãos redondos e duros, me pareceu uma simples molecagem, brincadeira deliciosa, sem dimensões metafísicas ou psicanalíticas. Entretanto, dias atrás, conversando com uma paciente, ela mencionou a pipoca. E algo inesperado na minha mente aconteceu. Minhas idéias começaram a estourar como pipoca. Percebi, então, a relação metafórica entre a pipoca e o ato de pensar. Um bom pensamento nasce como uma pipoca que estoura, de forma inesperada e imprevisível.

A pipoca se revelou a mim, então, como um extraordinário objeto poético. Poético porque, ao pensar nelas, as pipocas, meu pensamento se pôs a dar estouros e pulos como aqueles das pipocas dentro de uma panela. Lembrei-me do sentido religioso da pipoca. A pipoca tem sentido religioso? Pois tem.

Para os cristãos, religiosos são o pão e o vinho, que simbolizam o corpo e o sangue de Cristo, a mistura de vida e alegria (porque vida, só vida, sem alegria, não é vida...). Pão e vinho devem ser bebidos juntos. Vida e alegria devem existir juntas.

Lembrei-me, então, de lição que aprendi com a Mãe Stella, sábia poderosa do Candomblé baiano: que a pipoca é a comida sagrada do Candomblé...

A pipoca é um milho mirrado, subdesenvolvido.

Fosse eu agricultor ignorante, e se no meio dos meus milhos graúdos aparecessem aquelas espigas nanicas, eu ficaria bravo e trataria de me livrar delas. Pois o fato é que, sob o ponto de vista de tamanho, os milhos da pipoca não podem competir com os milhos normais. Não sei como isso aconteceu, mas o fato é que houve alguém que teve a idéia de debulhar as espigas e colocá-las numa panela sobre o fogo, esperando que assim os grãos amolecessem e pudessem ser comidos.

Havendo fracassado a experiência com água, tentou a gordura. O que aconteceu, ninguém jamais poderia ter imaginado.

Repentinamente os grãos começaram a estourar, saltavam da panela com uma enorme barulheira. Mas o extraordinário era o que acontecia com eles: os grãos duros quebra-dentes se transformavam em flores brancas e macias que até as crianças podiam comer. O estouro das pipocas se transformou, então, de uma simples operação culinária, em uma festa, brincadeira, molecagem, para os risos de todos, especialmente as crianças. É muito divertido ver o estouro das pipocas!

E o que é que isso tem a ver com o Candomblé? É que a transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação porque devem passar os homens para que eles venham a ser o que devem ser. O milho da pipoca não é o que deve ser. Ele deve ser aquilo que acontece depois do estouro. O milho da pipoca somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer, pelo poder do fogo podemos, repentinamente, nos transformar em outra coisa — voltar a ser crianças! Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo.

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho de pipoca, para sempre.

Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e dureza assombrosa. Só que elas não percebem. Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.

Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos. Dor. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, ficar doente, perder um emprego, ficar pobre. Pode ser fogo de dentro. Pânico, medo, ansiedade, depressão — sofrimentos cujas causas ignoramos.Há sempre o recurso aos remédios. Apagar o fogo. Sem fogo o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação.

Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro ficando cada vez mais quente, pense que sua hora chegou: vai morrer. De dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: PUF!! — e ela aparece como outra coisa, completamente diferente, que ela mesma nunca havia sonhado. É a lagarta rastejante e feia que surge do casulo como borboleta voante.

Na simbologia cristã o milagre do milho de pipoca está representado pela morte e ressurreição de Cristo: a ressurreição é o estouro do milho de pipoca. É preciso deixar de ser de um jeito para ser de outro.

"Morre e transforma-te!" — dizia Goethe.

Em Minas, todo mundo sabe o que é piruá. Falando sobre os piruás com os paulistas, descobri que eles ignoram o que seja. Alguns, inclusive, acharam que era gozação minha, que piruá é palavra inexistente. Cheguei a ser forçado a me valer do Aurélio para confirmar o meu conhecimento da língua. Piruá é o milho de pipoca que se recusa a estourar.

Meu amigo William, extraordinário professor pesquisador da Unicamp, especializou-se em milhos, e desvendou cientificamente o assombro do estouro da pipoca. Com certeza ele tem uma explicação científica para os piruás. Mas, no mundo da poesia, as explicações científicas não valem.

Por exemplo: em Minas "piruá" é o nome que se dá às mulheres que não conseguiram casar. Minha prima, passada dos quarenta, lamentava: "Fiquei piruá!" Mas acho que o poder metafórico dos piruás é maior.

Piruás são aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.

Ignoram o dito de Jesus: "Quem preservar a sua vida perdê-la-á".A sua presunção e o seu medo são a dura casca do milho que não estoura. O destino delas é triste. Vão ficar duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca macia. Não vão dar alegria para ninguém. Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo a panela ficam os piruás que não servem para nada. Seu destino é o lixo.

Quanto às pipocas que estouraram, são adultos que voltaram a ser crianças e que sabem que a vida é uma grande brincadeira...

"Nunca imaginei que chegaria um dia em que a pipoca iria me fazer sonhar. Pois foi precisamente isso que aconteceu".


O texto acima foi extraído do jornal "Correio Popular", de Campinas (SP)

quarta-feira, 9 de março de 2011

Mais bloquinhos



Neste último bloquinho da moranguinho, o molde foi partilhado pela querida 

beijinhos

sexta-feira, 4 de março de 2011

Promoção dia do artesão Raber

Estou participando e torcendo!!!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Minha primeira encomenda...

...de ponteiras!!!!
Pois é, as ponteiras pontepretanas que fiz me renderam essa encomenda:
beijinhos

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Minha primeira meninucha!!!!

Aprendi com a talentosa Michele Chiaro do blog  michellechiaromegartsecia.blogspot.com na revista Arte Fácil EVA.
Foi prazeroso fazer e mais ainda de ver o resultado! beijinhos

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Mais sorteio!

Gente, quero muito mudar o visual do blog, algo que tenha a minha cara, rsrsrs.
E olha só o que encontrei no blog da  ingridcarvalhoartes.blogspot.com? Uma super promoção que quero muuuuuuito ganhar!!!
 Já estou na torcida!!!!

Sorteio

A Lisandra está promovendo um sorteio delicinha no seu blog e estou torcendo para ganhar. Participem também!!!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Ponteiras pontepretanas

Olá meninas e meninos!!!
Sinto que estou melhorando com meus trabalhos em eva. Aos poucos vou me aperfeiçoando...
Hoje quero mostrar as ponteiras que fiz de torcedores da Ponte Preta, time daqui de Campinas.
Uma ótima semana para todos!!!!!! beijinhos

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Sortei no blog Meu cantinho do eva

Participem!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Bloquinhos

Olá meninas!!!!
Sem tempo de estar todo dia aqui, muitas coisas acontecendo... mas aos poucos vou conseguindo.
Hoje venho mostrar meus bloquinhos fofos. Amei fazer eles e espero que vocês gostem.
Créditos de revistas


beijinhos e ótima semana!

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Primeiro Selinho!!!

Meninas, que contente fiquei, porque ganhei meu primeiro selinho e esse a gente não esquece. Ganhei de duas amigas virtuais muito especiais!!! 
Olha ele aí:
 Obrigado meninas!!! Amei!
Tem umas regras. Vamos então a elas:
* Repassar e avisar o selinho para 15 blogs e responder as seguintes perguntas:

Nome: Erika Teles 

Música: Ihh!! São muitas... amo as músicas da Marisa Monte, Maria Rita. Gosto mais das músicas antigas, de Chigo Buarque, Djavan e vibro com as infantis (adoro!!!). Mas vou citar uma: "gentileza" de Marisa Monte.

Humor: Vivo de bem com a vida, mas durante a TPM, meu humor oscila absurdo.

Cor: Roxo, branco, azul e verde.

Estação: Não tenho preferência, nesse nosso país tropical muitas vezes as estações se misturam.

Como prefere viajar: Depois de rezar e pedir a proteção de Deus, vou de qualquer jeito.

Um seriado: Nenhum

Frase ou palavra dita por você: " Se Deus está a nosso favor, quem estará contra nós? (Rm 8, 31)

O que achou do selo: Fofíssimo!!! Oportunidade para nossas amigas virtuais nos conhecerem melhor e nós a elas.

Dedico esse selinho a 15 blogueiras que admiro muito pelo lindo trabalho e pela vontade de compartilhar suas ideias, vivências e talento:




 

domingo, 23 de janeiro de 2011

Plaquinhas

Oi Meninas!!!!
Fiz essas plaquinhas para colocar no banheiro da escola, as crianças irão colocar sua toalha abaixo da plaquinha. Cada menina tem a sua personalizada de acordo com suas características.
Molde da jacirinha

beijinhos

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Minha história com a TekBond


Hoje vou contar minha história de amor com a TekBond.
Sempre fiz artesanato, de tudo, sou muito curiosa vou atrás para descobrir como é e como faz. E com a tekbond não foi diferente. Sempre via nos blogs de artesanto em eva que as artesãs usavam uma cola diferente, que nunca tinha visto e fiquei muito curiosa para comprar e testar. Fui à procura nas lojas de artesanato e só encontrei em uma. Quando vi na preteleira, abri aquele sorriso de criança quando ganha presente. Posso dizer que foi uma emoção. Comprei e fiquei ansiosa para chegar em casa e usar logo. E  me surpreendi com o resultado. Quanta aderência! E não precisei usar muito, tanto que fiz muitos trabalhos para a escola e algumas encomendas e minha tekbond durou muito.
Apresentei a amiga tekbond para as professoras  da escola, elas gostaram e todos os enfeites de mesa e lembrancinhas que fizemos para encerrar o ano foi colado com a tekbond.
Realmente vale a pena. Hoje, uso demais minha cola amiga e estou aguardando ansiosa uma parceria!!!

As amigas que indico são:


terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sorteio

Tem sorteio no blog  Reino da Cor

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

reflexão sobre as escolas

Hoje quero refletir sobre as escolas. Ontem fiquei pensando em Rubem Alves, grande educador e escritor. Tenho muita admiração por ele. Já li alguns de seus livros e cada vez que leio um texto ou até mesmo uma frase dele me coloco em reflexão.
Então, lendo o livro "O Melhor de Rubem Alves" do Prof. Samuel Ramos Lago encontrei um pensamento muito interessante e verdadeiro sobre as escolas:

"Há escolas que são gaiolas. Há escolas que são asas.
Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do voô. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o voô."

Fiquei pensando nas escolas de hoje, que avançaram em alguns aspectos em relação ao passado, mas  que precisam avançar muito mais, pois existem muitas escolas que ainda são gaiolas, que aprisionam o aluno, que não dão voz a ele, que planejam atividades sem conversar com as crianças, sem saber o que elas desejam, esperam.
A escola precisa avançar no sentido de respeitar o aluno, suas diferenças, seu desenvolvimento, enfim, reconhecer que cada criança é única.
E quem faz a escola não é só o diretor, mas todos os envolvidos. Portanto, desejo para todos nós educadores  nesse início de ano letivo que fiquemos atentos para que não façamos da sala de aula, da escola uma gaiola para nossos alunos.
beijinhos e ótima semana!

domingo, 16 de janeiro de 2011

Minhas primeiras ponteiras

Oi meninas!!! Como estão?
Hoje quero mostrar minhas primeiras ponteiras. De tanto visitar os blogs e ficar encantada com tanto trabalho lindo, resolvi que deveria tentar fazer uma. Mas por onde começar? Não fazia ideia.
Fui pesquisando, visitando aqui e ali e encontrei um vídeo da Emili. Minha salvação. A partir daí, fui procurar aprender a fazer vestido, saia, entre outros detalhes. Um passo a passo da Carla Campos no Atelie na tv me ajudou muito.
E saiu essas aí embaixo. Deu trabalho, mas acredito que hoje já faço ponteiras melhores, no entanto, quero ficar craque nisso.
Visitando blogs e lendo revistas, descobri outras maneiras de fazer as roupinhas e cabelos...
Aos poucos chego lá! beijinhos


quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Mais um sorteio! Eba!!!!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Porta-treco Ben 10

Olá meninas!!!
Hoje vou mostrar uma encomenda que fiz de porta-trecos do Ben 10 com molde da luciene. Ela foi muito gentil em compartilhar seu molde.
Fiz esses para lembrança de aniversário

 
Este também foi vendido!

Mais uma vez agradeço a Luciene. Obrigada!
beijinhos!!!

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

sorteio lindo!!!!

Que lindo trabalho da Luciene. Também estou participando!
Para participar e ver seus lindos trabalhos acessem o blog dela

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Caixa Decorada

Olá meninas!!!
Como passaram a virada do ano??? Espero que bem.

Bom... decorei essa caixinha para colocar livros. Os moldes da Emília e do Visconde são da jacirinha. O blog dela é um encanto!



 muitos beijinhos!


Feliz 2011!!!

DESEJO UM 2011 REPLETO DE ALEGRIAS E MUITO SUCESSO!!!